Prefeitura de São Sebastião do Tocantins

"Juntos construiremos uma cidade melhor para todos"

Terça, 02 Janeiro 2018 14:13

PREFEITO FALA DAS DIFICULDADES ENCONTRADAS EM SEU PRIMEIRO ANO DE GESTÃO E RELATA AS METAS A SEREM ALCANÇADAS EM 2018.

Escrito por

O PREFEITO Adriano Rodrigues de Moraes, em entrevista ao jornal voz do bico  comenta as dificuldades encontradas em seu primeiro ano de gestão no ano de 2017.  E fala que Educação e saúde será  sua principal aposta como avanço das administração para 2018.

Quais as maiores dificuldade enfrentadas no ano de 2017?

Afirma, seu maior desafio foi organizar o Município  junto ao Governo do Estado e ao Governo Federal através dos tribunais de contas e dos demais órgãos fiscalizadores. Pois pegamos o município em situação muito difícil. O município tinha 12 inadimplências junto ao CAUC e tivemos que parcelar dividas de mais de 6 milhões, para se ter uma ideias a gestão anterior estava sem prestar contas  dos recursos da educação, saúde e dos demais programas sociais durante todo o ano de 2016.

Então a maior dificuldade no primeiro momento(ano) de mandato foi lidar com a situação de inadimplência que o município foi deixado. Podendo ressaltar na oportunidade a triste lastima econômica vivenciada pelo Pais. Uma época de cortes de gastos a  qual os prefeitos tem feito milagres com os  poucos  recursos  recebidos.

Quais os Áreas que mais sofreram com  a falta de prestação de contas?

Em casos mais notórios, Saúde e Educação foram as que mais sofreram.

SAÚDE, o Municipio só passou a receber recursos com o programa SAÚDE DA FAMÍLIA e SAÚDE BUCAL, a partir do mês de Agosto, até então estava inviável de receber os recursos para esses programas, tendo que arcar com os custos através de outras fontes, ocasionando déficit na saúde e penalizando o Município de São Sebastião.

EDUCAÇÃO, também tivemos problemas com os recursos para realizar os devidos investimentos necessários .Tivemos muitos prejuízos na qualidade do serviço, por ter que realizar pagamentos com dividas anteriores  ao invés de investir desrespeitando um principio da continuidade.

QUAIS AS METAS A SEREM ALCANÇADAS PARA 2018?

A nossa prioridade é Educação. Os objetivos são reformar as escolas, investir nos alunos através da formação dos educadores. Para isso estamos trabalhando para promover esse apoio aos profissionais e do acompanhamento e da organização do sistema educacional do município.

 Atrelando a isso conseguimos junto ao governo do Estado e Federal, recursos de quase 2 milhões para pavimentação asfáltica. Também conseguimos recursos para a agricultura e esporte.

A Saúde também é outro foco, junto com a educação para 2018, já conseguimos recursos que irá alavancar e ser um forte para 2018.  Por fim, expresso uma nota de otimismo para esse ano de 2018 que vem  por conta do trabalho realizado de maneira incansável e das altas negociações das inadimplências que precisou ser feitas, e medidas impopulares, que acreditamos se um marco para essa gestão transparente e compromissada com os interesses coletivos.